Cotas PIS – o que é, consultar e sacar

As cotas do PIS se destinam para aqueles que trabalharam em empresa privada entre os anos de 1971 até 04.10.1988 e não receberam o saque total. Saiba aqui como obter esses créditos!

A Lei 13.677/2020 trata da autorização do saque para qualquer titular da conta do PIS/PASEP que possui saldo ainda disponível em sua conta individual. A esse direito é dado o nome de cotas do PIS e podem ser retirados mediante cronograma de pagamento fornecido pela Caixa.

Para saber se você tem ou não direito a esses valores, basta apenas ter sido cadastrado no Fundo PIS/PASEP até a data de 04.10.1988 e não ter sacado esse valor antes. Para quem foi empregado do setor público, o saque de cotas PASEP é feito pelo Banco do Brasil.

O que são Cotas do PIS?

Cotas PIS - o que é, consultar e sacar

As cotas do PIS são resultados dos créditos depositados em sua conta vinculada pelo empregador no Fundo PIS/PASEP, entre os anos de 1971 a 04.10.1988.

Caso você trabalhe ou já trabalhou em empresa privada e é cadastrado no PIS até 04.10.1988, mas que ainda não fez o saque total do saldo após essa data terá direito a receber essas cotas do PIS.

Elas podem ser recebidas automaticamente na sua conta corrente ou poupança, caso seja uma cliente da Caixa Econômica Federal.

Quando sacar as Cotas do PIS?

Você poderá sacar, caso tenha direito, as cotas do PIS mediante o calendário divulgado em dois períodos:

1 – De 18 de junho de 2020 a 29 de junho de 2020 para os participantes com idade a partir de 57 anos.

2 – De 08 de agosto de 2020 a 28 de setembro de 2020 para todos os participantes, independentemente de idade.

O saldo das cotas do PIS, não retirados até 29/06/2020, será remunerado durante o mês de julho/2020 com possibilidade de saque conforme o calendário divulgado a partir de agosto/2020. Os participantes que receberem até junho não terão direito a atualização.

Como consultar as cotas do PIS?

As cotas do PIS podem ser consultadas pela internet, em uma das agências da Caixa ou pelo telefone. Veja abaixo como saber sobre os seus valores.

1 – Pela internet

Para consultar pela internet, acesse o site da Caixa e faça o login com senha. Para isso, clique  abaixo:

https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01

Caso não tenha senha, crie uma seguindo estes passos:

Se você tem a senha cidadão, faça o seguinte:

  • Acesse AQUI
  • Digite seu NIS
  • Clique no botão “Cadastrar Senha”
  • Leia o Contrato de Prestação de Serviços do Cidadão e clique no botão “aceito”
  • Informe a senha cidadão e a senha internet que deseja cadastrar

Se você não tem a senha cidadão:

  • Acesse aqui
  • Digite seu NIS
  • Clique no botão “Cadastrar Senha”
  • Leia o contrato de Prestação de Serviços do Cidadão e clique no botão “aceito”
  • Preencha os dados solicitados, conforme seu cadastro, e clique em “confirmar”
  • Cadastre a senha desejada e clique em “confirmar”

Se tiver o Cartão do Cidadão, faça o pré-cadastramento da senha pelo telefone 0800-726-0207, e depois finalize em uma Unidade Lotérica mais próxima de você.

Caso não possua o Cartão do Cidadão, vá até uma agência Caixa para fazer o cadastramento.

2 – SAC CAIXA

Você também pode obter informações realizando uma ligação pelo telefone 0800 726 0101. Fale com o atendente, informe seu NIS e solicite mais esclarecimentos.

3 – Agências da Caixa

Para você também saber sobre as cotas do PIS é só se dirigir a uma das agências da Caixa, levar o seu NIS e solicitar informações.

Como funciona o saque do PIS 2021

Nascidos entre janeiro e junho, entretanto, receberão no primeiro trimestre de 2021. O recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento, independentemente do mês de nascimento.

O valor do abono varia de R$ 88 a R$ 1054, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou com carteira assinada em 2020.

Confira, a seguir, mais informações sobre como você pode sacar o Pis 2021!

Quem tem direito ao Pis 2021?

Quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada em 2017 e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias tem direito ao abono. Além disso, é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5  anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Como é calculado o valor do Pis 2021?

O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no ano anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2018, receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Quem trabalhou o ano-base 2018 completo receberá o valor integral de um salário mínimo, ou seja, R$ 954.

Como sacar o Pis 2021?

É importante salientar que trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

Para sacar o abono do PIS 2021, é preciso que o trabalhador tenha em mãos o Cartão do Cidadão e senha cadastrada. Neste caso, é só se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Quem não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Descobriu o que queria? Informe-se agora mesmo e saque a sua cota! Comente a respeito e compartilhe!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *