Extrato INSS para imposto de renda 2021

A declaração de imposto de renda é uma obrigatoriedade para muitas pessoas, inclusive para quem recebe algum benefício da previdência social. Esses indivíduos têm de declarar o benefício em questão porque se trata de uma forma de renda: exatamente o que a Receita Federal deseja acompanhar.

Assim como quem recebe salário, os beneficiários da previdência têm acesso a extratos de depósitos para acompanhar quanto o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) está pagando e averiguar se houve descontos indevidos ou erros.

No entanto, a armazenagem de todos esses extratos não é simples e, em alguns casos, nem mesmo é possível. Há beneficiários que não conseguem manipular aplicativos bancários ou caixas eletrônicos e também não têm tempo para ficar solicitando os comprovantes pelo caixa.

Para facilitar, o INSS tem disponibiliza todos os anos o extrato INSS para imposto de renda. Este é um documento conseguido virtualmente no qual se veem todos os depósitos de benefício ocorridos no ano base. Desse modo, o cidadão sabe exatamente os valores a ser inseridos na declaração e tem um documento comprobatório, caso seja necessário. Entenda aqui como obter o extrato INSS para imposto de renda 2021.

Finalidade da declaração de imposto de renda

A Receita Federal do Brasil cobra alguns impostos de acordo com a quantidade de ganhos que aquele cidadão teve no ano base. Por meio da declaração de imposto de renda, é como se o governo federal confirmasse que fez todas as cobranças e ainda fazer correções, inclusive devolvendo dinheiro à população: é o caso da restituição do imposto de renda.

Vários tipos de ganhos precisam ser inseridos na declaração de imposto: os benefícios do INSS, como citado, além de aplicações em investimentos, venda de bens, salários (quando a sua soma anual ultrapassa os R$ 28.000) e outros.

É sempre importante salientar que a Receita Federal do Brasil é muito atenta com relação às eventuais fraudes. Desse modo, o órgão sempre descobre quando o cidadão está camuflando os seus ganhos com a finalidade de sonegação. Por isso, o melhor que o beneficiário do INSS tem a fazer é inserir corretamente todos os valores que recebeu, incluindo o décimo terceiro.

Como obter o extrato do INSS para imposto de renda 2021

Extrato INSS para imposto de renda 2021

O extrato do INSS para imposto de renda 2021 é conseguido acessando o site Meu INSS e fazendo login. É indicado que o cidadão imprima esse extrato e mantenha consigo: assim, se a Receita Federal do Brasil fizer algum questionamento sobre a declaração de imposto, haverá o extrato oficial do INSS como prova. Para consegui-lo:

  • Acesse o Meu INSS aqui;
  • Procure por “Extrato para imposto de renda (IR)”, à esquerda;
  • Clique em “Fazer login”;fazer login
  • Outra página abrirá automaticamente;
  • Clique em “Crie sua conta” e insira suas informações pessoais;
  • Crie os seus dados de login

Assim que o login para o Meu INSS for criado, bastará voltar à opção “Extrato para imposto de renda” e colocar as informações de login. O beneficiário também pode ir até uma agência do INSS para requisitar o extrato de imposto de renda para 2021, mas vale a pena ligar para 135 antes para confirmar se o agendamento é exigido.

Quando requisitar o extrato do INSS para imposto de renda 2021?

O beneficiário encontra a opção de emitir extratos para imposto de renda durante o ano todo, mas o ideal é pedi-lo ao INSS assim que o período de entrega de imposto de renda começa. Dessa forma, tem-se certeza de que os dados sobre os recebimentos estão atualizados.

A Receita Federal do Brasil costuma começar a receber as declarações de imposto de renda em fevereiro e a entrega é aceita até abril. É durante esse período que o beneficiário deve entrar em contato com o INSS para pedir o seu extrato.

O que acontece se o beneficiário do INSS não declara corretamente o IR

Assim como os demais cidadãos, o indivíduo que recebe benefício do INSS e não faz a declaração correta do imposto de renda corre o risco de receber uma multa que pode chegar a 20% daquilo que a pessoa não declarou. Isso significa que um beneficiário que deixou de declarar R$ 590,00 em seu imposto terá de pagar multa de até R$ 118,00.

Em alguns casos, a consequência pode ser mais grave e chegar à prisão de até cinco anos. Para nada disso acontecer, o beneficiário precisa ficar atento ao extrato de INSS para imposto de renda 2021 e também realizar as correções necessárias dentro do período determinado.

Sempre que a Receita Federal libera o programa para fazer as declarações de imposto de renda, ele também oferece a opção de retificação. Isso possibilita que o beneficiário que descubra que errou na declaração de IR faça as correções e fique livre de pagar multa ou até de ser acusado de sonegação de imposto.

Essa retificação pode ser realizada pelo próprio beneficiário, sem a necessidade de ele recorrer a um contador, e ele poderá modificar qualquer informação que tenha colocado na declaração de imposto de renda. Isso inclui montantes de benefícios, mês de pagamento, dados pessoais e muito mais.

Leia também: Extrato IRPF 2021 – Consulta

Dicas para o beneficiário solicitar o extrato INSS para imposto de renda 2021

O beneficiário que necessita pedir esse extrato deve fazê-lo apenas nos canais oficiais da previdência social. Não se deve, por exemplo, confiar em páginas desconhecidas que garantam oferecer o software da Receita Federal ou mesmo algum recurso que facilite a declaração do imposto.

O INSS não ajuda o beneficiário na declaração de imposto de renda, mas os funcionários podem tirar dúvidas sobre o que consta no extrato para o IR. Se a pessoa continuar com dúvidas e o posto da previdência não puder esclarecê-las, será melhor que o indivíduo procure por um contador.

Outra dica é sempre identificar o programa de imposto de renda com o ano. Afinal, a Receita Federal pode fazer modificações no software de um ano para o outro e é necessário não os confundir, inclusive a fim de que a declaração IR não seja extraviada.

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *